“Forças Armadas serão utilizadas em presídios”, informa ministro da Defesa

0
45

Com mais de 130 presos mortos em guerra de facções nos presídios só este ano, o presidente Temer deu aval ontem para que as Forças Armadas atuem dentro das prisões, informa o jornal O Globo.

Por até um ano, militares poderão fazer inspeções nas cadeias, caso governadores peçam. Temer, que se reuniu com representantes dos órgãos de inteligência do governo, admitiu que a crise do sistema prisional ganhou “contornos nacionais” e que o momento exige “ações extraordinárias”.

Segundo o ministro da Defesa, Raul Jungmann, os militares não terão contato com os presos.

A cerimônia de assinatura do Plano Nacional de Segurança, marcada para hoje com a presença dos governadores, foi cancelada depois de queixas dos estados porque o programa não deixa claro de onde sairão os recursos para a aplicação das medidas previstas.

Comentários