Lira defende aliança do PMDB com RC, mas faz ressalva: “Depende da Executiva Nacional”

0
42

O senador Raimundo Lira (PMDB) declarou, nesta quinta-feira (5), que continuará apoiando o projeto político do governador Ricardo Coutinho (PSB).

O peemedebista disse que não vê “nenhuma infração” em apoiar Ricardo Coutinho, pois o governador é do PSB, partido que integra a base política do presidente Michel Temer (PMDB).

Raimundo Lira considerou ainda que a decisão do PMDB em apoiar Luciano Cartaxo (PSD) em João Pessoa não significa um “racha político”, pois o prefeito também faz parte de um partido que compõe o bloco de alianças do governo federal.

Ainda durante a entrevista, Lira rebateu especulações de mudança de partido e disse que não tem nenhuma pretensão de deixar o PMDB.

“Eu não tenho nenhum desejo ou vontade de sair do PMDB. Sou muito respeitado pelo partido pelo qual eu faço parte da Executiva Nacional”, afirmou.

Ainda de acordo com Lira, os nomes indicados do PMDB-PB para o Governo do Estado e para o Senado sairão de pesquisa qualitativa e quantitativa e mesmo assim terão que ser referendados pelo Diretório Nacional do partido. “A executiva é quem vai dizer o que é melhor para o crescimento do PMDB”, declarou Lira ao lembrar que ele e o senador José Maranhão são integrantes do diretório nacional.

“Se, nas pesquisas, o nome do presidente do diretório estadual do partido, senador José Maranhão ou o meu aparecer em melhor colocação vamos encaminhar para a executiva nacional apontar qual o nome disputará os cargos tanto de Governador quanto de Senador”, informou.

Lira confirmou que prefere de concorrer à reeleição em 2018 para poder dar continuidade ao trabalho de captação de recursos federais para obras na Paraíba, a exemplo da terceira faixa da BR-230, em João Pessoa.

Comentários