Cotado para governo, Maranhão diz que é muito cedo para PMDB lançar nomes

0
44

O senador Zé Maranhão (PMDB), que foi citado recentemente pelo colega de Senado e ex-desafeto, Cássio Cunha Lima (PSDB), como um dos nomes que para disputar o governo, considerou prematuro o lançamento no momento de qualquer candidatura para 2018.

No entanto, mesmo considerado um desserviço o anúncio de nomes para o pleito, Maranhão  lembrou do seu desempenho eleitoral em 2014 onde, segundo o presidente estadual do PMDB, venceu  sozinho os candidatos apoiados por Cássio, Luciano Cartaxo (PSD)  e o governador Ricardo Coutinho (PSB) na disputa por uma vaga no Senado.

“Eu fui candidato a senador contra todos os partidos. Deus me ungiu com sendo os mais votados de todos os candidatos a senador. Sozinho, vencemos os candidatos de Cássio, do governador e do próprio prefeito. Mas sou um homem desprovido de ambições e obstinações. Acho que a Paraíba precisa da união de todas a força políticas  pois  vivemos momento todas as  dificuldades. Eu vejo que o lançamento  prematuro de candidatura ao invés de contribuir teria o efeito contrario”, afirmou Maranhão que na tarde de deste domingo (1)  acompanhou a cerimônia de posse de Luciano Cartaxo, reeleito na Capital paraibana.

Comentários