Na Arapuan FM: Alckmin diz que liberação de bombas para Transposição é um “gesto de gratidão”

0
52

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB) falou nesta terça-feira (27) no programa Paraíba Verdade, apresentado por Adelton Alves e Edmilson Pereira, sobre o empréstimo de bombas para combater a seca nos Estados da Paraíba e Pernambuco.

O governador explicou que “o uso das bombas flutuantes deve antecipar em até 25 dias a chegada da água a Monteiro e, na sequência, a Campina Grande, o segundo município mais populoso da Paraíba, com cerca de 400 mil habitantes. A Paraíba é um estados mais atingidos pelo quinto ano de seca que afeta o Nordeste. As bombas devem entrar em operação já no começo do ano que vem”.

Alckmin rebateu críticas de que a cessão de equipamentos para acelerar a chegada da água da Transposição à Paraíba e Pernambuco sejam uma jogada política.

“Só quem não passou por uma, não sabe o sofrimento do que é a seca. Sabemos bem o que é isso. Trabalhamos muito em São Paulo para superá-la e adquirimos uma expertise nesse setor com novas tecnologias e novos equipamentos. Não tem relação com a política. Se o governador fosse do PT, do PP ou do PSDB nós ajudaríamos da mesma forma”, disparou.

Para Geraldo Alckmin, o Brasil é república federativa e é uma obrigação dos entes federados ajudar uns aos outros a superarem suas dificuldades.

“Não há relação com a questão eleitoral porque não há eleição a curto prazo. Ficamos felizes e nos colocamos a disposição para também ajudar na operação do sistema”, garantiu.

Ele ainda revelou que o gesto é uma gratidão pela contribuição que o povo nordestino ofereceu historicamente ao desenvolvimento de São Paulo.

O tucano disse que o equipamento, avaliado em R$ 20 milhões, ficara disponível o tempo que for necessário. O ferramental, que consiste em quatro conjuntos de bombas flutuantes, cada um com capacidade de bombear até 2.000 litros de água bruta por segundo, será cedido ao Ministério da Integração Nacional.

Comentários