Manoel Júnior diz que estará na posse em 1º de janeiro, mas estuda acumular mandatos

0
41

O vice-prefeito eleito de João Pessoa, Manoel Junior (PMDB), garantiu que estará presente na cerimônia de posse no dia 1° de janeiro. O peemedebista, no entanto, não confirmou se efetivamente tomará posse no cargo de vice-prefeito.

O atual deputado federal recebeu a diplomação no cargo de vice-prefeito na tarde desta quinta-feira (15), em cerimônia no bairro do Bessa. Além dele e do prefeito Luciano Cartaxo (PSD), o Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) também diplomou os 27 vereadores que irão compor a Câmara Municipal de João Pessoa no próximo ano e os primeiros suplentes das coligações.

Manoel Junior afirmou que segue estudando juridicamente a possibilidade de acumular os cargos em Brasília e em João Pessoa. Ele adiantou que já tem algumas respostas, mas não quis revelar quais são.

“Nós estamos vendo essa parte jurídica, o que pode ser feito, até porque o vice prefeito por si só não tem função. E eu sou um cidadão irrequieto que trabalha do início do dia até o fim da noite. E acho que ajudo muito se tiver em Brasília trazendo recurso, contribuindo com a cidade de João Pessoa”, ressaltou.

Segundo Manoel Junior, a presença de um deputado federal carreando recursos para a cidade é fundamental.

Para Luciano Cartaxo, o trabalho à frente da prefeitura buscará tornar “irreversíveis todas as mudanças já iniciadas, alcançando cada vez mais as mudanças sociais, políticas e econômicas”. E, para isso, ele destaca que não haverá nada que o tire do rumo do desenvolvimento, nem mesmo a crise financeira. “Estaremos lutando aqui, em Brasília e onde mais houver perspectivas de conquistas. Nossa luta não tem fronteiras. E faremos isso com ou sem crise, nenhuma ameaça vai nos tirar do nosso caminho”, declarou.

Na solenidade foram diplomados os vereadores: Léo Bezerra (PSB); Durval Ferreira (PP); Tanilson Soares (PSB); Eliza Virgínia (PSDB); Chico do Sindicato (PT do B); Dr. Luís Flávio (PSDB); João Almeida (SD); Tibério Limeira (PSB); Lucas de Brito (PSL); Marcos Vinícius (PSDB); Bispo José Luiz (PRB); Bosquinho (PSC); Pedro Alberto Coutinho (PHS); Damásio Franca Neto (PP); Raíssa Lacerda (PSD); Milanez Neto (PTB); Eduardo Carneiro (PRTB); João dos Santos (PR); Helton Renê (PC do B); Bruno Farias (PPS); João Corujinha (PSDC); Sandra Marrocos (PSB); Dinho (PMN); Thiago Lucena (PMN); Mangueira (PMDB); Marcos Henriques (PT); e Humberto Pontes (PT do B).

Comentários