Anísio Maia ironiza boatos sobre mudança de partido: “Acho que entenderam errado”

0
40
O deputado estadual Anísio Maia (PT) está em Brasília participando desde ontem e até hoje do Encontro Nacional do MUDA PT, uma articulação de correntes internas e militantes que defendem mudanças urgentes no Partido dos Trabalhadores. “Será que o partido deve continuar como está? O PT precisa reconquistar o apoio da classe trabalhadora. Para isto, precisamos voltar a ser um partido combativo”.
Sobre comentários a respeito de uma eventual mudança de partido Anísio Maia ironizou: “Acho que entenderam errado: minha única preocupação no momento é mudar o PT e não me mudar do PT. Em nenhum momento fiz alguma declaração no sentido de salvar meu mandato. Os covardes são os primeiros a se retirar porque só pensarem em si. O fundamental é que tenhamos um instrumento político eficaz para lutar pelos mais humildes. Se a direita ainda treme de raiva do PT, alguma coisa isto significa.”
“Sou militante de esquerda desde os meus 16 anos e quem me conhece sabe que nunca fiz da política um meio de vida. Nunca mudei de lado e nem traí meus ideais. O PT é fruto da organização popular e é o maior partido de esquerda da América Latina. Por isto, queremos que ele volte a representar a luta de nosso povo por democracia, igualdade e justiça social”, afirmou Anísio.
Para Anísio Maia, no entanto, ou o PT muda ou poderá acabar enquanto experiência histórica. “Se o partido não mudar imediatamente se resumirá a mais uma legenda eleitoral. Eu serei sempre parte das lutas por transformações sociais. Se a burocracia do partido conseguir nos manter nesta paralisia, o PT será inútil e terão destruído o maior instrumento político já construído pela classe trabalhadora em nosso país”, concluiu.
O MUDA PT
Além das correntes internas Articulação de Esquerda, Avante S21, Esquerda Popular Socialista, Mensagem ao Partido e Militância Socialista, o MUDA PT é composto por 26 deputados federais, dois senadores e diversos deputados estaduais por todo o país.

Comentários