Prefeito reeleito no Sertão é cassado por peculato e crime eleitoral

0
34

O Juiz da 63ª ZE, Dr. Anderley Ferreira Marques sentenciou no começo da tarde desta sexta-feira (17), Ação de Investigação Judicial Eleitoral provida pela Coligação Renovação e Mudança contra o Prefeito reeleito Salvam Mendes (PSDB), pela procedência da denúncia, e pedido de realização de novas eleições no Município de Nazarezinho.

Salvam Mendes ganhou as eleições por apenas 07 votos, e foi acusado pela Coligação Adversária do uso de máquinas públicas para fins privados, desvio de bens públicos e uso de servidores efetivos durante campanha eleitoral, que caracterizavam o abuso de poder econômico e político.

A sentença do Juiz de 1ª Instância cabe recursos ao Tribunal Regional Eleitoral na Capital João Pessoa.

O Prefeito Salvam Mendes participa hoje de um encontro de prefeitos com no Tribunal de Contas do Estado da Paraíba. Os advogados de Salvam já estão tomando ciência da sentença do Magistrado para recorrerem às instâncias superiores.O Juiz da 63ª ZE, Dr. Anderley Ferreira Marques sentenciou no começo da tarde desta sexta-feira (17), Ação de Investigação Judicial Eleitoral provida pela Coligação Renovação e Mudança contra o Prefeito reeleito Salvam Mendes (PSDB), pela procedência da denúncia, e pedido de realização de novas eleições no Município de Nazarezinho.

Salvam Mendes ganhou as eleições por apenas 07 votos, e foi acusado pela Coligação Adversária do uso de máquinas públicas para fins privados, desvio de bens públicos e uso de servidores efetivos durante campanha eleitoral, que caracterizavam o abuso de poder econômico e político.

A sentença do Juiz de 1ª Instância cabe recursos ao Tribunal Regional Eleitoral na Capital João Pessoa.

O Prefeito Salvam Mendes participa hoje de um encontro de prefeitos com no Tribunal de Contas do Estado da Paraíba. Os advogados de Salvam já estão tomando ciência da sentença do Magistrado para recorrerem às instâncias superiores.O Juiz da 63ª ZE, Dr. Anderley Ferreira Marques sentenciou no começo da tarde desta sexta-feira (17), Ação de Investigação Judicial Eleitoral provida pela Coligação Renovação e Mudança contra o Prefeito reeleito Salvam Mendes (PSDB), pela procedência da denúncia, e pedido de realização de novas eleições no Município de Nazarezinho.

Salvam Mendes ganhou as eleições por apenas 07 votos, e foi acusado pela Coligação Adversária do uso de máquinas públicas para fins privados, desvio de bens públicos e uso de servidores efetivos durante campanha eleitoral, que caracterizavam o abuso de poder econômico e político.

A sentença do Juiz de 1ª Instância cabe recursos ao Tribunal Regional Eleitoral na Capital João Pessoa.

O Prefeito Salvam Mendes participa hoje de um encontro de prefeitos com no Tribunal de Contas do Estado da Paraíba. Os advogados de Salvam já estão tomando ciência da sentença do Magistrado para recorrerem às instâncias superiores.

Comentários