Em nota, parlamentar cobra respeito do presidente Temer em relação à Paraíba

0
55

O vereador pessoense Bruno Farias (PPS) desabafou, nas redes sociais, a respeito da negativa do presidente Michel Temer (PMDB) em receber o Governador Ricardo Coutinho, para tratar de assuntos de interesse da Paraíba, alegando falta de agenda.

O parlamentar sentiu extremamente ofendido e indignado diante da hostilidade e do tratamento da mais absoluta indiferença do Presidente da República com a Paraíba e com os paraibanos. “Todos sabem que Ricardo Coutinho, desde o início, foi contra o impeachment de Dilma, mas retaliar o nosso Estado em razão das posturas políticas de seu governante, é um insulto contra o qual não podemos silenciar”.

Em seu relato o vereador afirma que o Presidente da República, como magistrado supremo da Nação, não pode penalizar um Estado pequeno como a Paraíba por disputas políticas paroquiais. “Fragilizar, num momento de dificuldades econômicas, o povo paraibano, além de constituir uma grande insensibilidade, revela uma mesquinharia política que não cabe no figurino da Presidência da República”, afirmou.

“Aliados ou não do Governador Ricardo Coutinho, partidários ou não do Presidente Temer, os paraibanos não podem admitir tamanha desfaçatez com os interesses de nosso Estado. Esse dever e, principalmente, esse sentimento de paraibanidade são obrigação de quem ama essa terra de uma gente tão brava e tão destemida”, desabafou Bruno.

O vereador ainda questiona que agenda tão importante é esse que está acima de um Ente Federativo? “Que agenda tão cheia é essa que, ontem, dia 02/11, segundo site oficial da Presidência República, não continha compromissos oficiais? Que agenda tão concorrida é essa que, segundo o site da Presidência da República, tem como último compromisso no dia de hoje (03/11/2016), uma reunião sobre “MARIANA”, às 16:30? Será que não havia espaço para a Paraíba no dia ontem, mesmo sendo feriado, ou hoje à noite, após a reunião sobre o desastre de MARIANA? Falta espaço mesmo na agenda ou está sobrando má vontade com a Paraíba, Senhor Presidente Michel Temer?”

Bruno finaliza repudiando, om veemência, toda e qualquer tentativa de diminuir a Paraíba e os paraibanos. “Todos os nossos representantes políticos, independentemente de cor partidária e tendência ideológica, deveriam se unir em torno de nosso Estado, exigindo de Sua Excelência o Presidente da República o respeito que merecemos”, convoca.

Comentários