Deputado detona bancada federal da PB: “No que depender deles, nosso povo morrerá de sede”

0
42

O deputado estadual Anísio Maia (PT), comentou nesta terça-feira, 25, a definição dos parlamentares da Paraíba no Congresso referente às emendas de bancada. Juntos, nossos deputados federais e senadores indicaram R$ 224 milhões para o Orçamento Geral da União em 2017. “A bancada federal da Paraíba ignora que aqui existe seca. No que depender de nossos deputados federais e senadores, este assunto não sai do canto e nós morreremos de sede”, afirmou Anísio.

Em reunião na última quarta-feira, 19, os parlamentares definiram que as emendas impositivas seriam de R$ 144 milhões para o município de João Pessoa e de R$ 80 milhões para Campina Grande. “No ano passado alguns deputado fizeram festa quando houve o anúncio de R$ 18 milhões, um montante minúsculo frente às nossas necessidades. No único momento que poderia colocar este assunto com maior destaque no orçamento, não aparece nenhuma emenda que se preocupe com a seca”, avaliou.

Segundo informações da Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (AESA), dos 126 açudes existentes no estado, apenas 36 estão acima de 20% de sua capacidade de metros cúbicos de água. “O açude de Mãe D’água está com menos de 10% de sua capacidade e o de Coremas com menos de 2,5%. A região do Curimataú está à beira de um colapso
“Na época da eleição não vai faltar deputado ou senador mandando para a imprensa foto com ministro dizendo que está preocupado com a seca. Não queremos esmolas, queremos resultados. E não esperem nada desta bancada da Paraíba em Brasília. Afinal, com exceção de Luiz Couto, estão votando a favor do congelamento de recursos para a saúde, assistência social e educação por vinte anos”, concluiu.

Comentários