Juíza defere pedido para investigação contra Cartaxo por suposto abuso de poder político na campanha

0
37

A Juíza Maria das Graças Fernandes Duarte deferiu, ainda no dia de ontem, quinta-feira (22), um pedido de investigação contra o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD), para apuração de práticas de abuso de poder político e econômico e de condutas vedadas por parte de agentes públicos, com a utilização da máquina pública municipal em favor da candidatura à reeleição do atual prefeito e do vice, Manoel Júnior, do PMDB.

A decisão acontece em atendimento a uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral impetrada pelo comunicador Humberto Alexandre.

Na decisão, foram determinadas realização de diligências em vários órgãos e autarquias da administração municipal para que sejam exibidas cópias dos processos administrativos e dos instrumentos contratuais de todos os prestadores de serviço que foram contratados e/ou cujos contratos estejam em vigor (ainda que celebrados anteriormente) no ano de 2016, acompanhados dos requerimentos.

As diligências também pedem informações sobre as datas de contratação, cargo, remuneração e lotação. Requer ainda cópias dos processos seletivos de recrutamento de prestadores de serviços, e também a relação de exonerados e nomeados no período de pré-campanha eleitoral.

Os alvos onde teriam sido praticados os supostos abusos são Emlur, Fundo Municipal de Saúde, Instituto Cândida Vargas, Fundação Cultural de João Pessoa (FUNJOPE), Superintendência de Transporte e Trânsito de João Pessoa e ainda Fundo Municipal de Assistência Social.

Comentários