Wilson diz que ausência de projetos federais em JP é fruto da incompetência de Cartaxo

0
43

O candidato a vice-prefeito de João Pessoa pela coligação Trabalho de Verdade, deputado federal Wilson Filho (PTB), criticou a falta de capacidade da gestão do prefeito Luciano Cartaxo (PSD) em aproveitar os recursos federais obtidos pelo parlamentar para a viabilização de investimentos na Capital. Em entrevista concedida à TV Tambaú nesta quinta-feira (8), o companheiro de chapa de Cida Ramos (PSB) lembrou projetos nas áreas de saúde e meio ambiente que receberam verbas federais, mas não foram executados pela gestão municipal.

“Para a barreira do Cabo Branco, conseguimos emenda de R$ 6 milhões, mas o prefeito não realizou a obra porque nem o projeto fez”, lamentou Wilson. O candidato lembrou também que destinou, por meio de emenda, verbas para a compra de um tomógrafo para o Trauminha de Mangabeira e para implantação da Central de Hemodiálise do Hospital Santa Isabel. No entanto, a Prefeitura também não conseguiu executar os projetos.

Wilson comparou o ritmo de execução das obras do Governo do Estado e da Prefeitura de João Pessoa, e citou a ponte da Beira Rio como exemplo de ineficiência. “As obras que estão sendo realizadas são em ritmo lento. Por exemplo, a Beira Rio está completando três anos e não chegou a 40% do total da execução. Se fosse nesse ritmo lento, Cartaxo terminaria o Trevo das Mangabeiras em 20 anos”, comparou.

Pavimentação de ruas

O candidato da coligação Trabalho de Verdade afirmou que Cida vai pavimentar todas as ruas que estão nos itinerários dos ônibus da Capital, e lembrou que o ex-prefeitos Ricardo Coutinho e Luciano Agra pavimentaram 585 ruas, enquanto a atual gestão calçou apenas 38. “Nós vamos pavimentar todas as ruas por onde os ônibus passam para que as pessoas possam ter dignidade e vejam o imposto que pagam retornando de forma correta”, afirmou.

Mobilidade urbana

Wilson lembrou que foi o autor da emenda que destinou R$ 150 milhões para a construção da terceira faixa da BR-230, desde Cabedelo até Oitizeiro. A licitação será realizada este mês. “Será a maior obra de mobilidade urbana da história de João Pessoa. No nosso caso, a BR-230 é uma grande avenida, onde desaguam todas as outras avenidas. Com a construção da terceira via e 13 viadutos, iremos revolucionar a mobilidade urbana da cidade”, pontuou.

Sobre o mesmo tema, o candidato criticou o aumento do preço das passagens de ônibus. “João Pessoa é única capital do Brasil a aumentar três vezes a tarifa em um ano. É uma falta de respeito pagar por uma passagem cara para andar em um ônibus sucateado e super lotado, que muitas vezes não passa onde deveria passar. Essa é uma reclamação dos moradores em todos os bairros de João Pessoa”.

Saúde

O petebista garantiu que, com Cida, a prefeitura vai contratar profissionais de saúde para as USFs que hoje não têm equipe completa, construir duas novas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), o Hospital da Mulher e abrir a Central de Hemodiálise do Hospital Santa Isabel. Segundo ele, a saúde será uma das prioridades da gestão dele e de Cida para reverter a situação de sucateamento.

“No Trauminha, pacientes passam seis meses para realizar exames e cirurgias, porque dos três centros cirúrgicos, só um está aberto. O único tomógrafo que existe na gestão inteira ficou quebrado por dois anos. No Hospital Santa Isabel, 40 máquinas de hemodiálise estão encaixotadas há quatro anos”, lamentou.

Habitação

Wilson garantiu que, ao lado de Cida, vai construir 10 mil casas na Capital, e recordou que Ricardo Coutinho, quando prefeito, construiu aproximadamente 9 mil moradias, mesmo com um orçamento menor e sem a ajuda do programa ‘Minha Casa, Minha Vida’. “O atual prefeito prometeu 13 mil, não fez nem 3 mil, e a maioria esmagadora começou nas gestões de Ricardo e Agra”.

De acordo com o candidato a vice da coligação Trabalho de Verdade, os projetos habitacionais devem contar com uma estrutura que ofereça Unidades de Saúde, creches e praças para garantir qualidade de vida aos moradores.

Comentários