Deputado do PT exige limpeza no partido com expulsão de “parasitas e vermes”

0
35

O deputado estadual Anísio Maia (PT), defende que a Executiva Nacional do PT promova uma depuração no partido. Para o parlamentar, o maior erro da legenda foi permitir que “parasitas e vermes que rastejam pelo poder” tenham entrado no partido. Maia garantiu que as especulações em torno do fim do PT não preocupam os filiados e acredita que em um ano as acusações contra a legenda serão esquecidas.

“Os verdadeiros petistas não estão preocupados com essa história de que o partido vai acabar ou não. Nós nem analisamos isso. É tão tolo. O PT tem raízes, estrutura, nome, uma história no país. Daqui a um ano ninguém fala mais nisso. Aí vão começar a lembrar de como era na época do PT e comparar a como será daqui a um ano”, disse o petista.

Anísio se queixa da entrada de ex-membros do PSDB, DEM e do PMDB. “Quem começou essa história da Petrobras foi Delcídio de Amaral, que veio do PSDB. Ele já fazia isso no PSDB, na época de Fernando Henrique Cardoso. Quando chegou o PT ele pinotou, como esses oportunistas e esses comerciantes fazem. Em Minas, o rapaz do Mensalão, o Marcos Valério, veio do PSDB. Inclusive, até hoje não prenderam o governador. O processo se arrasta há 20 anos, mas quando é o PSDB existe a garantia que tudo vai tramitar bem devagarinho”, disparou o petista.

Comentários