Documento confirma denúncia do PSB e comprova que Cartaxo nomeou irmã na PMJP

0
47

Datada de 20 de setembro de 2013, a portaria 1733, publicada no Seminário Oficial da Prefeitura de João Pessoa, confirma que o prefeito de João Pessoa nomeou a irmã, Célia Maria Cartaxo Pires de Sá, para ocupar o cargo em comissão de assessora técnica da Secretaria Municipal de Saúde.

A portaria com a nomeação de Célia Maria Cartaxo Pires de Sá foi divulgada pela imprensa. O prefeito, havia negado durante debate promovido pelo Sistema Correio de Comunicação, a prática de nepotismo em sua gestão.

No debate, a candidata a prefeita de João Pessoa pela coligação Trabalho de Verdade, Cida Ramos (PSB), revelou que a PMJP gasta mais de R$ 1 milhão por ano com o pagamento de salários de parentes do prefeito.

Além da irmã, Cida disse que na lista de parentes do prefeito empregados no Município constam 40 nomes, incluindo seis primos em primeiro grau. “Para se ter ideia, o dinheiro destinado ao pagamento dos parentes do prefeito daria construir uma nova Unidade de Saúde da Família (USF) em João Pessoa”, destacou a candidata do PSB.

Para Cida, não há mais nenhuma dúvida de que gestor feriu à legislação ao nomear a irmã para exercer cargo comissionado na Prefeitura de João Pessoa. “A justificativa de que a irmã é funcionária efetiva não muda nada, pois o fato é que ela exerce cargo em comissão, o que é vedado pela lei que proíbe a contratação de parentes pelos gestores públicos no âmbito do Executivo”, observou.

image

Comentários