CPI dos Laboratórios quer investigar empresas ligadas à PMJP

0
42

A vereadora Sandra Marrocos (PSB) pretende apresentar na Câmara Municipal de João Pessoa, tão logo os trabalhos sejam retomados na próxima semana, um pedido para a instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar supostas irregularidades na contratação do laboratório que tem como sócio o diretor do Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen) da Secretaria de Saúde da Prefeitura de João Pessoa, Frederico Cartaxo.

A parlamentar acredita que a CPI é a melhor ferramenta para apurar as irregularidades denunciadas ao Tribunal de Contas do Estado (TCE). “A população de João Pessoa tem o direito de saber disso e a gente só pode ter de fato uma conclusão quando a CPI for instalada e os serviços forem feitos”.

A vereadora espera conseguir as assinaturas necessárias para a instalação da CPI e acredita que o presidente da Casa, o vereador Durval Ferreira (PP), não será o empecilho para que a Comissão seja aberta na Casa.

Entenda:

O caso veio à público após denúncia formulada por Demócrito Medeiros de Oliveira ao TCE de que o diretor do Lacen, Frederico Cartaxo, recebeu mais de R$ 250 mil ao emplacar um contrato entre o Laboratório Walderedo Nunes, de sua propriedade, e a administração municipal. A parceria entre as instituições ocorreram por dispensa de licitação.

Comentários