Pré-candidato detona aliança de Cartaxo com “Grupo da Confraria”

0
33

O pré-candidato do PT a prefeito de João Pessoa, o professor Charliton Machado, comentou, nesta terça-feira (26), o anúncio da aliança entre o PSDB, do senador Cássio Cunha Lima, e o PSD do prefeito Luciano Cartaxo.

De acordo com Machado, a aliança mostra que a saída de Cartaxo do PT foi um álibi para ele se aliar adversários históricos da legenda.

“O prefeito deixou cair a sua verdadeira máscara, e aquela história sobre os problemas que o PT enfrentava era apenas balela. O que ele queria era ter o apoio do senador Cássio, rival histórico do nosso partido e que promove uma política de privatizações, de negociações baseadas em interesses particulares, extremamente conservador e golpista. Cartaxo agora se une ao Grupo da Confraria”, acrescentou.

Lembrando o que aconteceu em 2014, o Professor Charliton Machado revelou que durante o período de fechamento das alianças já estava no desejo de Luciano Cartaxo fazer uma composição com os tucanos, no entanto, isso foi barrado pelo partido.

“Ele já queria compor com esse grupo, e foi impedido pelo PT estadual que na época colocou que não existia viabilidade de alianças com o PSDB. Somente saindo do PT ele poderia concretizar esse desejo de estar ao lado do senador golpista Cássio Cunha Lima”.

Para o petista, “está claro” que o prefeito abandou o projeto popular de esquerda para se aliar a um campo conservador e de direita.

“Ele mostra sua verdadeira face”, finalizou.

Comentários