Prestes a assumir, suplente André Amaral evita opinar sobre cassação de Cunha

0
37

O suplente de deputado federal André Amaral, do PMDB, deve assumir uma cadeira na Câmara dos Deputados, em Brasília, no início de agosto com a licença já anunciada pelo titular, Veneziano Vital do Rêgo, que vai se dedicar à campanha para prefeito de Campina Grande. Nesta segunda-feira (18), durante entrevista ao programa Rede Verdade, apresentado por Adelton Alves e Marconi Ferreira, ele evitou dizer o que pensa a respeito do processo que pode culminar com a cassação do ex-presidente da Câmara, o peemedebista Eduardo Cunha, que renunciou à chefia do legislativo na tentativa de salvar o mandato parlamentar.

“Sou estudante de Direito e preciso me inteirar do processo quando chegar à Casa. Mas, posso adiantar que vou defender a honestidade e os bons costumes”, disse, apesar de os entrevistadores terem tentado algumas vezes entender o que exatamente ele quis dizer. André não acrescentou nenhum outro comentário à frase.

André Amaral agradeceu a Veneziano Vital pela oportunidade de assumir a vaga como deputado federal e prometeu se empenhar para dar continuidade às ações iniciadas por seu colega de partido, além de citar que as causas dos estudantes serão uma preocupação durante o exercício do mandato.

Comentários