‘CPMF está fora da pauta da Câmara pelos próximos sete meses’, garante Efraim Filho

0
37

A Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF) não deve entrar na pauta de votações da Câmara dos Deputados nos próximos sete meses, que é o tempo do mandato tampão de Rodrigo Maia (DEM) na presidência da Casa. A informação é do também democrata, deputado federal, Efraim Filho.

“A solução para o Brasil sair da crise não passa por novos impostos, é preciso encontrar uma forma de fazer o reajuste fiscal e trabalhar para reduzir despesas. O setor produtivo não aguenta mais impostos, não dá para descontar no ombro do empresariado, do microempreendedor a carga de sustentar o país mais do que já faz”, afirmou o deputado quando questionado sobre a recriação do imposto.

Efraim aproveitou para criticar o governo anterior e destacou que a chegada do DEM à presidência da Câmara vai “mudar este modelo”. Autointitulando-se representante de Maia, o deputado garantiu que a votação da recriação da CPMF está descartada, pois também está rejeitada da pauta do partido que comanda a Câmara dos Deputados.

Comentários