Juiz dá 72 horas para prefeito explicar atraso de salários em Santa Rita

0
47

O prefeito de Santa Rita, Netinho de Várzea Nova (PR) tem um prazo de 72 horas para explicar porque não tem efetuado o pagamento do funcionalismo público em dia. É que o Sindicato dos Funcionários públicos do Município de Santa Rita deu entrada em um pedido na 5° Vara mista contra o gestor, através do advogado do Sinfesa, Evilson Braz. A solicitação foi acatada pelo juiz Gustavo Procópio Bandeira de Melo, que estipulou o prazo para que o prefeito se pronuncie sobre o assunto e marcou reunião para o dia 22 de julho às 9 horas.

No último dia 12, os servidores públicos integraram uma mobilização ampla realizada por setores da sociedade civil organizada e saíram às ruas em um protesto contra a corrupção. Algumas faixas e cartazes cobravam o pagamento dos salários atrasados dos servidores públicos.

Nas redes sociais, o Sinfesa já chegou a iniciar uma campanha solicitando a doação de alimentos para os servidores que, sem receber salários, estariam passando por privações.

Comentários