Presidente do PT rechaça possível aliança com o DEM na Câmara Federal

0
30

A presidenta do Partido dos Trabalhadores da Paraíba, Giucélia Figueiredo, fez uma declaração nesta segunda-feira, 11, sobre a notícia de que parte dos deputados do PT na Câmara Federal estariam pensando em apoiar o candidato Rodrigo Maia, do Democratas, para a sucessão à presidência da Casa. “Repudiamos qualquer possibilidade de aliança ou acordos com os partidos que organizaram ou apoiaram o Golpe”, disse Giucélia Figueiredo.

Ela ainda acrescentou: “Não importa o motivo. Nada justifica apoiar ou respaldar algo que venha de um partido que historicamente possui bandeiras totalmente diferentes das nossas. Devemos aprender com os nossos erros, e não repeti-los. O PT errou quando acreditou que poderia governar negociando com partidos como o DEM, e depois do que passamos é estarrecedor imaginar que algo parecido está sendo feito. Aproveito também para parabenizar a coerência dos deputados petistas que são contra essa ‘aliança’”.

Na visão da presidenta estadual do PT, que é a mesma dos militantes paraibanos, não deve existir diálogo com os partidos que construíram a saída da presidenta eleita Dilma Rousseff. “Nada deve ser maior do que a nossa honra. Estão equivocados os dirigentes e políticos do PT que acham que esse acordo com o DEM será bom de alguma forma para o partido ou para a sociedade. Qualquer acordo com o DEM é nocivo. Qualquer acordo com essa direita golpista deve ser repugnado. Se eles colocaram Cunha, que encontrem uma forma entre eles para resolver esse problema”, explicou.

Giucélia Figueiredo lembrou que na eleição para a presidência da Câmara o PT apresentou candidato próprio: “Não apoiamos Cunha. Não colocamos ele no poder, no entanto, agora o DEM quer a nossa ajuda para tirar esse esquema da Câmara Federal. Eles que encontrem uma solução para o ninho de cobras que eles mesmos criaram. O PT deve honrar a sua história e a sua militância ficando longe desses golpistas”.

Comentários