Com escândalos por indícios de desvios milionários ignorados, obra da Lagoa ainda gera polêmica

0
45

Alvo de suspeita de indícios de desvios milionários, a obra da Lagoa, do Parque Solon de Lucena, em João Pessoa, mesmo após sua inauguração, ainda continua rendendo polêmicas.

Nesta terça-feira (05), por exemplo, o líder do Governo na Assembleia Legislativa da Paraíba, deputado Hervázio Bezerra (PSB) voltou a cutucar o Parque, que é tratado como “cartão de visitas” da gestão Cartaxo na Capital, ao lembrar que a prefeitura não cumpriu com as promessas feitas em 2012, deixando não apenas a desejar na obra, mas sobretudo no tocante à mobilidade urbana.

Hervázio disse que o tão propalado Parque da Lagoa anunciado por Cartaxo e que demorou quase todo seu mandato para ser entregue, não o contempla e também não contempla a boa parte da população.

“Eu tenho a dizer aos cidadãos de João Pessoa que aquela obra não me contempla, como não me comtempla essa gestão que ai está, pois o que foi mais debatido na campanha passada que foi mobilidade urbana e nada foi feito nessa área”, disse Bezerra.

Ainda conforme Hervázio, ao contrário de Cartaxo, o governador Ricardo Coutinho vem atuando fortemente nesse setor de mobilidade, com obras como o Trevo das Mangabeiras, que já é uma realidade, além do viaduto do Geisel e da Perimetral Sul, que devem ser entregues em breve.

Desde que foi inaugurada, a Lagoa não para de virar alvo de críticas. O píer que não foi construído, a tinta da ciclovia descascando, os pontos de alagamentos após as chuvas e a pouca acessibilidade são alguns dos relatos de internautas nas redes sociais.

Com portal PB Agora

Comentários