Tribunal Superior Eleitoral cria departamento para coibir fraudes eleitorais

0
35

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) criou um setor de inteligência para a análise de contas de campanha. Através da nova ferramenta, o tribunal terá acesso aos dados do Tribunal de Contas da União, da Receita Federal, da Polícia Federal, do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) e do Ministério Público Federal.

Os dados compartilhados serão cruzados através de um software para identificar indícios de fraudes nas prestações dos cerca de 580 mil candidatos estimados para concorrerem nas Eleições 2016.

Com informações da Veja.

Comentários