STF deve dar pausa no ‘braço político’ da Lava Jato até recesso e Brasília respira aliviada

0
31

Após abrir mais um inquérito contra o presidente afastado da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB), na última semana, o Supremo Tribunal Federal (STF) deve dar uma pausa no braço político da Lava Jato.

Brasília poderá respirar: esta será a última semana de funcionamento do Judiciário do recesso. No STF, a ordem tem sido evitar polêmicas: sem habeas corpus a presos ilustres ou ações contra grandes nomes da política nacional.

Comentários