Delação da Odebrecht terá Temer, 13 governadores e 100 parlamentares

0
48
Marcelo Odebrecht, CEO of Brazilian construction group Odebrecht, speaks during an interview with Reuters in Lima May 1, 2013. REUTERS/Enrique Castro-Mendivil (PERU - Tags: BUSINESS CONSTRUCTION)

A coluna da jornalista Tereza Cruvinel, uma das mais respeitadas jornalistas políticas do País, reproduzida no Portal Brasil 247, enfatiza que “A resposta ‘veemente’ que o presidente interino Michel Temer deu sobre a delação do ex-presidente da Transpetro, Sergio Machado, de que teria pedido recursos ilícitos no valor de R$ 1,5 milhão para a campanha de Gabriel Chalita, não deve ser a última sobre seu eventual envolvimento com o esquema investigado pela Lava Jato”.

Segundo ela, no acordo preliminar para sacramentar a delação premiada da construtora Odebrecht, um dos executivos promete falar sobre uma doação de R$ 50 milhões para o PMDB, que teria tido a intermediação de caciques do partido, inclusive de Temer; Cruvinel ainda diz que a delação deve implicar vários partidos, como PMDB, PSDB, PT, PP, DEM e outros, 13 governadores (ou ex-governadores) e cerca de 100 parlamentares que teriam recebido recursos ilícitos, derivados do fechamento de contratos com a Petrobras e outras estatais.

Comentários