Djanilson tira corpo fora da aliança para eleições em João Pessoa

0
36

Apesar de ser o presidente municipal do PR, o vereador Djanilson da Fonseca jogou a bola da definição de aliança para as eleições majoritárias em João Pessoa para o deputado Caio Roberto, que é filho do presidente estadual do partido, Wellington Roberto. A expectativa de Djanilson é que a questão seja encerrada nesta quarta-feira (7), quando será realizado uma reunião com os ‘caciques’ perrepistas na capital.

Para Djanilson, uma decisão de cima para baixo pode minimizar os problemas internos dentro do partido. “Eu não tenho o poder de decidir, eu fui convidado para o partido para montar o partido. Temos pré-candidatos que já avisaram que votam com Cartaxo, outros seguem o governador Ricardo Coutinho, alguns com outra opção. Estou muito tranquilo porque quem vai decidir é Wellington Roberto, junto com Caio. O que decidirem, obedecerei o partido”, afirmou.

O parlamentar já foi da base de sustentação do prefeito Luciano Cartaxo (PSD) na Câmara Municipal, mas, por orientação partidária, acabou migrando para a oposição ao votar a favor da instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar possíveis irregularidades nas obras da Lagoa.

 

Djanilson disse que a tendência é que o PR fique o PSB, que deve lançar a ex-secretária de estado do Desenvolvimento Humano, Cida Ramos, como candidata a prefeita da capital, devido a proximidade que Caio Roberto com o governador Ricardo Coutinho. Particularmente, no entanto, ele tem preferência a uma adesão com o projeto de reeleição de Cartaxo.  “Eu ando muito na cidade de João Pessoa. Espero que eu seja escutado, ouvido, mas irei obedecer o que Wellington, junto com Caio decidir”, afirmou.

Jornal da Paraíba

Comentários