Cesta básica em JP acumula alta de 11,29% este ano

0
32

A cesta básica vendida em João Pessoa foi a quinta que mais subiu nos primeiros cinco meses deste ano. Segundo pesquisa do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), o preço da cesta pessoense acumula um aumento de 11,29% de janeiro até maio de 2016. No mês de maio, o preço da cesta básica pessoense caiu 1,21% em relação a abril, sendo cobrada por R$ 361,39.

Com essa queda, ela passou a ocupar a 9ª colocação entre as cestas mais baratas do país. No quinto mês de 2016, mesmo com essa queda no preço da cesta, verificou-se que metade dos produtos registrou elevação em seus custos, ao passo que a outra metade apresentou queda. As variações positivas se deram nos preços da manteiga (3,36%), da farinha (2,16%), do leite (1,41%), do feijão (0,92%), do café (0,41%) e do arroz (0,29%).

Os produtos que tiveram queda foram o tomate (-7,21%), a banana (-2,82%), a carne (-1,1%), o açúcar (-0,71%), o óleo de soja (-0,71%) e o pão (-0,11%). No acumulado do ano, todos os produtos registraram variação positiva em seus preços. Os principais aumentos se deram nos preços da banana (42,60%), da manteiga (35,05%), do açúcar (28,31%), do feijão (25,90%) e da farinha (24,27%).

Outros produtos apresentaram alta acumulada nos últimos cinco meses: óleo de soja (15,83%), leite (6,21%), café (6,10%), tomate (5,84%), carne (3,78%), arroz (2,51%) e pão (1,36%).

O trabalhador pessoense cuja remuneração equivale ao salário mínimo necessitou cumprir, em maio, jornada de 90 horas e 21 minutos, menor que as 91 horas e 28 minutos registradas em abril. Em maio de 2016, o custo da cesta em João Pessoa comprometeu 44,64% do salário mínimo líquido, isto é, após os descontos previdenciários. Em abril o percentual exigido era de 45,19%.

Comentários