Pessoenses fazem festa no encerramento do revezamento da Tocha

0
28

Depois de percorrer 29 quilômetros, em pouco mais de seis horas, passando por mãos de anônimos, atletas e personalidades, o maior símbolo do esporte mundial encerrou seu desfile pelas ruas de João Pessoa na noite desta sexta-feira (3). O ponto alto do revezamento da Tocha Olímpica pela Capital aconteceu no Busto de Tamandaré, onde uma multidão acompanhou o acendimento de uma réplica da pira olímpica, pelas mãos do pessoense e ex-jogador da seleção brasileira de futebol, Leovegildo Júnior.

A festa contou com o apoio da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), que deu suporte logístico para o evento, com participação conjunta de várias secretarias. O dia histórico para a cidade foi também um momento para provar que a população tem espírito olímpico, manifestado no apoio aos jogos e no respeito em relação a chama olímpica. Até quem está acostumado com tantas glórias vividas no esporte se rendeu ao momento único na Capital.

“Quando eu recebi o convite do Comitê Olímpico Brasileiro para ser um dos condutores da Tocha Olímpica pelo Brasil, só fiz uma exigência – que fosse na minha terra natal João Pessoa”, confessou emocionado o ex- jogador Júnior, que saiu da Capital paraibana aos 5 anos de idade para brilhar no futebol mundial. “Estou há quatro dias na cidade, com meus parentes e amigos, aproveitando mais um pouco dessa terra maravilhosa”, finalizou.

Além de Júnior, outros 143 condutores se revezaram para carregar a Tocha Olímpica desde o Centro Histórico até a orla da Capital. Entre os espectadores, a reação era de registrar o momento com fotos e vídeos, como fez a auxiliar de enfermagem Natália Fabiana, acompanhada da filha de 9 anos, Maria Beatriz. “Eu sei que não terei outra oportunidade como essa, por isso fiz questão de trazer minha filha e registrar tudo dessa festa que prega união e amor pelo esporte”, destacou.

O final da festa foi embalado pelo forró do grupo Os Gonzagas, que desfilou seu repertório para amantes da boa música e do esporte – uma mistura com a cara da cidade, e que o mundo pôde testemunhar.
Neste sábado (4), a chama parte para o município de Mamanguape – última parada antes de seguir para o Rio Grande do Norte.

Comentários