Raoni Mendes e Athur Filho vão assumir vaga na Assembleia

0
50

A articulação socialista que vai levar os vereadores Raoni Mendes (DEM), de João Pessoa, e Arthur Filho (PRTB), de Cabedelo, para a Assembleia Legislativa está madura. Os dois são suplentes na coligação encabeçada pelo PSB e, no caso da capital, abre-se espaço para que a suplente de vereadora Sandra Marrocos (PSB) assuma uma vaga na Câmara Municipal, na vaga deixada por Mendes. A articulação teria como fim fortalecer a pré-candidatura da secretária de Desenvolvimento Humano, Cida Ramos (PSB), para a prefeitura de João Pessoa.

Nesta quarta-feira (1º), Arthur Filho deve ser empossado. São necessárias duas licenças para que os dois parlamentares suplentes assumam o cargo. Um dos cotados para deixar a Casa é o deputado estadual Buba Germano (PSB), que é aliado de Sandra Marrocos, o que tem facilitado o diálogo. Outros nomes que podem se licenciar são Adriano Galdino (PSB), que é presidente da Assembleia Legislativa e pré-candidato a prefeito de Campina Grande; Ricardo Barbosa (PSB), que prometeu coordenar a campanha de Galdino, e Estela Bezerra, também do PSB.

Galdino reconheceu que tem havido conversas sobre sua licença, mas sem nada de concreto ainda. O parlamentar ressalta que sua função como presidente da Assembleia dificulta o afastamento, apesar de reconhecer que a saída seria boa para sua campanha em Campina Grande. O deputado tenta se consolidar como uma terceira via entre as pré-candidaturas do prefeito Romero Rodrigues (PSDB) e do deputado federal Veneziano Vital do Rêgo (PMDB). Ricardo Barbosa não retornou os contatos feitos pelo blog.

A ida de Raoni Mendes para a Assembleia é vista como ganho duplo pelo bunker socialista. No Legislativo estadual, haveria mais um parlamentar combativo e disposto a criticar a gestão do prefeito Luciano Cartaxo (PSD), principal adversário de Cida Ramos. Procurado pelo blog, ele reconheceu que seu foco principal seria João Pessoa e a Região Metropolitana. Além disso, com a posse de Sandra Marrocos, suplente de Mendes, a Câmara de João Pessoa passaria a ter três vereadores, número mínimo para constituir bancada. Os outros são Renato Martins e Zezinho do Botafogo.

 

Jornal da Paraíba

Comentários