PPS vai apresentar Bruno e Odon para vice de Cida; Jucá escancara esquema

0
45

O PPS vai colocar dois nomes à disposição do PSB para a vice de Cida Ramos, pré-candidata a prefeita de João Pessoa. Segundo o presidente estadual da legenda e o vice-prefeito da capital, Nonato Bandeira, os nomes devem ser os do vereador Bruno Farias e do ex-presidente da OAB, Odon Bezerra. Nonato lembrou que não haverá imposição e que o apoio do PPS à candidatura socialista não está condicionada a isso. “Não é uma questão de imposição. No momento que foi apresentado, junto com outros nomes, nosso partido fará a contribuição”, esclareceu.

Ele lembrou que nomes de outros partidos têm surgido, como os vereadores Raoni Mendes (DEM) e Lucas de Brito (PSL), e isso é bom porque, segundo Nonato, demonstra a crença que todos têm na candidatura socialista.

Sobre o melhor perfil do vice de Cida, Bandeira acredita que depende muito da correlação de forças. “É importante que o nome agregue ao perfil de Cida, que some”. Para ele, necessariamente, não precisa ser um político, pode ser um empresário, um religioso. Nonato diz que ainda não é hora de esquentar essa discussão porque no momento certo, a candidata fará a escolha, a partir das opções que serão apresentadas.

Mudança em Catolé

Em Catolé do Rocha, Leomar Maia (PTB) declarou apoio ao deputado Gervásio Maia (PSB) e ao governador Ricardo Coutinho (PSB). O apoio aos socialistas significa o rompimento com o grupo tucano, liderado pelo senador Cássio Cunha Lima. Leomar fez previsões já lançado Gervásio como candidato ao governo do estado, em 2018. O vice-prefeito Laurinho Maia (DEM) afirmou que acompanha a decisão de Leomar Maia para apoiar o deputado Gervásio.

Renova Cabedelo

Pré-candidato a prefeito de Cabedelo pelo DEM, Fernando Sobrinho, realiza nesta quarta-feira (25) evento para esquentar a pré-campanha. Ele vai apresentar 25 propostas para a cidade.. São ações nas áreas de saúde, educação, lazer, infraestrutura, saneamento básico, turismo. Fernando Sobrinho é vereador de Cabelo, deixou o Pros para se filiar ao DEM e ser candidato a prefeito da cidade portuária.

Fruta podre escancarada

Em Brasília, o todo poderoso ministro do Planejamento, Romero Jucá (PMDB-RR), teve seus “pensamentos íntimos” escancarados com uma gravação. A conversa foi com ex-diretor da Transpetro, Sérgio Machado. Revelou o que era apenas uma suspeita: parte do PMDB quer a Lava Jato abafada nesse “governo de salvação nacional”.
Jucá já é uma fruta considerada muito podre. Se ficar, complica ainda mais a situação do governo interino. Deve, para dar exemplo, demitir “a cabeça pensante do planejamento”. Se deixá-lo, mesmo afirmando que é a favor da Lava Jato, mantém mais viva a semente da desconfiança.

E o PSDB?

E o PSDB e suas lideranças como vão se portar? A postura de “baluartes da moralidade” também foi colocada em xeque por Jucá. Parlamentar que foi líder de todos os últimos governos. O DEM já pediu afastamento para se explicar.

Comentários