Edital para concurso de juiz leigo do TJPB deve ser divulgado em 90 dias

0
61

O edital para o concurso público do cargo de juiz leigo do Tribunal de Justiça da Paraíba deve ser publicado no prazo de 90 dias, com 30 vagas para toda a Paraíba, segundo informações da assessoria de imprensa do órgão divulgadas nesta quarta-feira (18). Os candidatos precisam ser bacharéis em direito e vão ficar no cargo por dois anos.

De acordo com o juiz-auxiliar da Presidência do TJPB, Eduardo José de Carvalho Soares, devido à carência de juízes leigos, o concurso vai ser realizado o mais breve possível.

Esse prazo foi definido durante uma reunião entre o presidente do Tribunal de Justiça da Paraíba, desembargador Marcos Cavalcanti de Albuquerque, e o procurador-geral da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), professor Ebenezer Pernambucano, realizada nesta quarta-feira.

Durante a reunião, foi definido o magistrado que vai presidir a comissão do concurso. “A comissão do concurso será presidida pelo desembargador Romero Marcelo Fonseca Oliveira. Vamos eleger, os demais membros dessa comissão. Agora, é trabalhar, com a finalidade que promover o concurso o mais rápido possível”, adiantou Marcos Cavalcanti.

Para o professor Ebenezer Pernambucano, toda a e qualquer seleção requer extremo cuidado e trato com a coisa pública. “É preciso ter confiabilidade. A Universidade Estadual da Paraíba já vem sendo parceira do Tribunal há muito tempo e esperamos até aumentar essa ações. Para a UEPB é uma honra participar na elaboração e realização desse concurso”, comentou o procurador.

O juiz-auxiliar da Presidência do TJPB, Eduardo José de Carvalho Soares, acrescentou que “Como patrono e patrocinador do concurso, o Tribunal de Justiça é quem vai definir os critérios de seleção, remuneração e todos os detalhes de preenchimento das vagas”, acrescentou o magistrado.

Todos esses dados técnicos do TJ vão ser repassados à comissão da UEPB, que por sua vez, vai elaborar as fases da seleção pública. “O objetivo da Presidência do Tribunal, é que em noventa (90) dias o edital seja publicado”, calcula o juiz Eduardo Carvalho.

 

G1

Comentários