PRF intensifica fiscalização em veículos de duas rodas na Região Metropolitana de JP

0
29

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizou nesta quarta-feira (11) mais uma atividade do Movimento Maio Amarelo nas rodovias federais em todo o País. Com atuação em pontos estratégicos, os policiais efetuaram diversas ações, como cinema rodoviário, operação de radar e fiscalização em veículos. Em Cabedelo, o alvo principal foi os de duas rodas, considerados frágeis devido ao alto índice de letalidade.
Durante as abordagens os agentes verificaram condutas irregulares e o uso de equipamentos obrigatórios, visando reduzir a violência no trânsito. Ao final, seis motocicletas foram retidas, sendo quatro por falta de licenciamento; uma por estar com o lacre da placa de identificação rompido e uma outra pelo fato do condutor ter sido flagrado embriagado e não apresentar outra pessoa habilitada para retirar o veículo.
Só em 2015 foram registrados 946 acidentes envolvendo motocicletas, motonetas e ciclomotores nas rodovias federais que cortam a Paraíba. Esse número representa 1/3 do total de acidentes no mesmo período. O número de acidentes envolvendo veículos de duas rodas caiu em 13% entre os anos de 2014 e 2015. Mas a redução no número de acidentes não significou uma queda proporcional no número de óbitos de condutores de motocicletas: em 2014 foram 79 mortes na Paraíba, enquanto ano passado 72 pessoas morreram. Isso representa uma queda de 8%.
Dados estatísticos revelam que em 2015 na Paraíba, dos condutores ou passageiros de veículos de duas rodas, apenas 6% saíram ilesos dos sinistros e 34% morreram ou ficaram gravemente feridos. Já para os automóveis, 75% dos envolvidos em sinistros não se ferem.
A PRF por meio de fiscalizações flagrou mais de 15 mil condutores de veículos de duas em alguma situação irregular no último ano. Entre as infrações mais comuns relacionadas à motocicletas estão: conduzir o veículo sem capacete; conduzir o veículo sem possuir CNH ou permissão para dirigir e conduzir veículo registrado que não esteja devidamente licenciado.

Comentários