Empresas são multadas por crime ambiental em Cabedelo

0
94

Duas empresas foram multadas em um total de R$ 220 mil por crimes ambientais na cidade de Cabedelo, na Região Metropolitana de João Pessoa. De acordo com a Secretaria de Meio Ambiente, Pesca e Aquicultura (Semapa) do município, as empresas foram autuadas na quarta-feira (27), e as ações são resultado de denúncias feitas pela população.

De acordo com a Semapa, o Terminal de Combustível da Paraíba Ltda (Tecop) foi multado por derramamento excessivo de coque verde de petróleo, produto que substitui os carvões vegetal e mineral em altos fornos, em um lago utilizado como receptor do sistema de afluentes da unidade. O vazamento teria acontecido por causa de uma falha no sistema de tratamento e também atingiu parte do mangue.

Ainda segundo o órgão, a equipe de fiscalização identificou que a empresa tentou esconder parte do dano cobrindo o coque com areia. Pelo crime, a empresa foi autuada e multada em R$ 140 mil, além de arcar com a recuperação da área atingida.

A segunda empresa multada foi a Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa), por vazamento de esgoto proveniente de um poço de visita na avenida Mar Vermelho, no bairro de Intermares. De acordo com a Semapa, um laudo de infração foi emitido e a multa aplicada foi no valor de R$ 80 mil.

“O principal papel da fiscalização ambiental não é multar, mas orientar cidadãos e empresas. Em casos mais leves, nossos agentes emitem notificações, mas em casos de crime ambiental de maior gravidade, eles têm que aplicar o que a lei preconiza”, destacou Walber Farias, titular da Semapa.

O G1 entrou em contato com a Tecop por telefone, nesta quinta-feira (28), e a atendente informou, às 10h40, que a pessoa responsável pela empresa estava em uma reunião, mas que retornaria o contato. Até as 11h15, o retorno não foi feito pela empresa.

Por email, a Cagepa informou, às 11h11, que a notificação chegou no órgão nesta quinta-feira e que a Cagepa vai recorrer, uma vez que o serviço de manutenção estava programado para ser executado durante esta quinta. Segundo a Cagepa, equipes técnicas estavam no local durante a manhã para fazer a desobstrução da rede de esgotos.

 

G1

Comentários