João Pessoa tem mais de 1,2 mil taxistas aptos para recebimento de auxílio do Governo Federal

0
0

João Pessoa tem, atualmente, 1.240 taxistas aptos a receberem o benefício do Governo Federal, que pretende disponibilizar à categoria parcelas no valor previsto de até R$ 1 mil nos próximos meses. De acordo com a Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob-JP), outros 200 estão inaptos ao cumprimento das atividades.

O auxílio taxista começa ser pago em 16 de agosto. Estão previstas seis parcelas de R$ 1 mil até dezembro.

A pedido do prefeito Cícero Lucena, Expedito Leite Filho, gestor da Semob-JP, participou de uma reunião com o ministro José Carlos de Oliveira e representantes da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), na última quinta-feira (21), quando foi solicitado às Prefeituras que os dados fossem enviados até o próximo dia 31 de julho.

“Estamos nos ajustes finais, a fim de que possamos acessar o sistema do Ministério do Trabalho e Previdência até a próxima sexta-feira, dia 29 de julho, para concluirmos o envio dos dados dos taxistas cadastrados e aptos ao recebimento do benefício”, finalizou o superintendente.

Entre os fatores que podem manter o taxista inapto para exercer a atividade de forma regularizada, estão: atraso na renovação do alvará, dar baixa em um veículo e não substituí-lo, falecimento do permissionário ou iniciar transferência da permissão e não concluir o processo.

O que é o auxílio taxista?

O chamado Benefício Emergencial aos Motoristas de Táxis – BEm-Taxista será pago aos profissionais para compensar os efeitos do aumento no preço dos combustíveis.

Quem tem direito?

De acordo com o Ministério do Trabalho e Previdência, terão direito ao benefício os motoristas de táxi com Carteira Nacional de Habilitação válida e alvará para prestação do serviço cadastrado nas prefeituras em vigor no dia 31 de maio de 2022.

Comentários