Mulheres têm cabelos raspados por integrantes de grupo criminoso na Paraíba

0
0

Três mulheres tiveram os cabelos raspados por integrantes de um grupo criminoso em Campina Grande na noite da quarta-feira (20). Segundo a Polícia Militar, elas estavam sendo vítimas de uma conduta criminosa conhecida como “disciplina”, porque uma delas teria terminado o relacionamento com um integrante deste grupo, que está preso no Presídio do Serrotão.

O caso aconteceu no conjunto Major Veneziano, no bairro Três Irmãs. Segundo o major Jonatha Yassaki, subcomandante do 2º Batalhão da Polícia Militar, os policiais foram acionados com a informação de que três jovens estavam em cárcere privado sofrendo a chamada “disciplina”.

“A Força Tática foi até o local e ao chegar, encontrou as jovens já com a cabeça raspada. Os suspeitos conseguiram fugir por outro setor e a polícia até fez buscas, mas não os encontrou. No apartamento, achamos materiais entorpecentes e tudo foi apreendido”, disse Yassaki

As mulheres foram levadas para a Central de Polícia Civil, segundo o major. No local, duas delas acabaram presas pelo crime de tráfico de drogas, sendo que uma das jovens estava com um mandado de prisão em aberto.

Ainda conforme Yassaki, as informações iniciais colhidas no local do crime seriam a de que as jovens estariam sofrendo retaliação por terminar o relacionamento com o apenado. O caso foi entregue à Polícia Civil que deve apurar a conduta deste preso, cujo nome não foi divulgado.

Até as 6h30 desta quinta-feira (21) os suspeitos de raspar os cabelos das vítimas não foram localizados.

Comentários