Na PB, Bolsonaro inaugura obras e adota discurso de campanha contra antecessores

0
0

Na Paraíba nesta quinta-feira (5), o presidente Jair Bolsonaro inaugurou a obra da ‘Vertentes Litorâneas’, no município de Itatuba. Em seu discurso, Bolsonaro centrou ataques nos ex-presidentes a quem acusou de desvio de recursos e nos governadores.

Ovacionado por apoiadores e chamado de “mito”, Bolsonaro afirmou que em seu governo não uma denúncia consistente sequer relacionada à corrupção e fez uma relação com os governantes que o antecederam. Ele argumenta que o desvio de recursos afetou o andamento de obras federais e herdou um governo saqueado por seus antecessores.

“Toda população sofreu, em especial pela forma como os governadores trataram vocês trabalhadores. A política do ‘fique em casa’, a economia foi a pior possível, fez com que muita gente perdesse o emprego”, disse.

Bolsonaro afirmou que o “quase crime” cometido na pandemia foi obrigar a população a ficar em casa e acrescentou não ter fechado nenhum casa de comércio durante o período.

“Quando governadores, como o daqui Paraíba, obrigaram o povo a ficar em casa, tiraram o ganha pão de muitos de vocês”, afirmou, garantindo ter transferido R$ 8 bilhões para a Paraíba somente no ano passado.

De Itatuba o presidente seguiu para Gurinhém. Durante a visita a Paraíba ele é acompanhado pelos deputados federais Efraim Filho, Wellington Roberto, além do deputado Cabo Gilberto e ministros.

Com Mais PB

Comentários