Estado da PB é condenado a pagar R$ 150 mil por morte de adolescente em hospital

0
0

O Estado da Paraíba foi condenado a pagar a quantia de R$ 150 mil para os pais de um adolescente, de 15 anos, que teria morrido por negligência médica, em Campina Grande, no Agreste da Paraíba. O caso aconteceu em junho de 2013, no Hospital de Emergência e Trauma do município. A condenação é a título de dano moral.

O caso é da da 3ª Vara da Fazenda Púbica da Comarca de Campina Grande e foi julgado pela Segunda Câmara Especializada Cível do Tribunal de Justiça da Paraíba. O relator do processo é o juiz Carlos Eduardo Leite Lisboa.

De acordo com o juiz, foi comprovado nos autos que o adolescente, de 15 anos, morreu em decorrência de tratamento médico “negligente e imprudente, que sem ter certeza do diagnóstico, foi submetido a tratamento como se estivesse acometido por dengue hemorrágica ou outra patologia grave”, disse.

“[Na ocasião foi] ministrado doses de medicamentos que induziram a vítima a uma síndrome de choque tóxico, acarretando a morte do adolescente”, afirmou.

Ao g1, a procuradoria do Estado informou que ainda não recebeu a decisão, mas que vai analisar o caso para saber se vai recorrer ou cumprir a condenação.

Comentários