Caso Kelton: Justiça aceita denúncia do MP e empresário vira réu por morte de motoboy, em João Pessoa

0
0

A Justiça da Paraíba aceitou a denúncia do Ministério Público e tornou Ruan Ferreira de Oliveira réu pela morte do motoboy Kelton Marques, de 33 anos, em colisão que aconteceu no Retão de Manaíra, em João Pessoa, em setembro de 2021.

A decisão da juíza Francilucy Rejane de Sousa Mota, que foi emitida na última quinta-feira (21), entende que há indícios suficientes de autoria e prova da existência de crime.

A denúncia do Ministério Público da Paraíba foi oferecida no dia 5 de abril, pelo promotor Leonardo Pereira de Assis, da Promotoria de João Pessoa.

Ruan Ferreira de Oliveira está foragido. O g1 tentou entrar em contato com a defesa do réu, mas não obteve retorno até a última atualização desta matéria.

A decisão da juíza também aceitou um pedido, feito pela defesa de Ruan Ferreira, de restituição de bens do réu que haviam sido apreendidos pela Justiça.

Os bens são o Voyage de cor prata envolvido na colisão, um IPhone X preto, uma câmera fotográfica, uma caixa de som, além de carteira contendo todos os documentos dele e uma mala de roupas.

Comentários