“Garota Júlia dos Anjos foi asfixiada por padrasto enquanto dormia”, diz delegado

0
1

A garota Júlia dos Anjos, de 12 anos, foi asfixiada pelo padrasto, Francisco Lopes, enquanto dormia. Foi o que revelou o delegado Hector Azevêdo, responsável pelas investigações em entrevista ao programa Hora H, apresentado pelos jornalistas Heron Cid e Wallison Bezerra, na Rede Mais Rádio.

“Ele acabou confessando o crime dizendo que a asfixiou quando ela se encontrava dormindo em casa na madrugada da quinta-feira (7). Depois ele colocou o corpo de Júlia no carro e colocou em uma mata próxima e jogou o corpo em um cacimbão”, disse o delegado.

O corpo de Júlia foi resgatado na tarde de hoje pelo Corpo de Bombeiros do poço, que fica em uma mata próxima a Praia do Sol, na Zona Sul de João Pessoa.

O delegado afirmou que a Polícia Civil já desconfiava que o padrasto estaria envolvido na morte da menina.

“A polícia sempre desconfiou de como ele agia, mas sempre teve o receio, o cuidado de tentar não antecipar para não jogar sobre ele uma culpa que podia não ser dele”, argumentou o delegado.

Comentários