Corpo de adolescente é retirado de cacimbão e levado para ser submetido a exames no IPC

0
0

O corpo da adolescente Júlia foi retirado no tarde desta terça-feira (12) de um cacimbão dentro de uma matagal na Praia do Sol. O corpo foi encontrado, após o padrasto, Francisco Lopes confessar o crime e indicar o local aonde tinha jogado o corpo da adolescente.

De acordo com a polícia, o corpo será levado para o Instituto de Polícia Científica (IPC) para submetido a exames que irão indicar as causas da morte como também comprovar se adolescente sofreu violência sexual.

Francisco Lopes, foi preso em flagrante após ter confessado que matou a menina. Ele negou que tenha cometido abuso sexual e alegou que assassinou a criança com receio de que ela fizesse algum mal por ciúmes por causa da gravidez da mãe dela, Josélia Araújo, versão essa que não convence a polícia.

Com Paraíba.com

Comentários