Mãe confessa agressão ao bebê, que morreu em JP, e é presa em flagrante e indiciada por tortura qualificada

0
1

O delegado Aldrovilli Grisi revelou ao IG do Hyldinho, que a mãe de 22 anos confessou a série de agressões que resultaram na morte do bebê de 1 anos em João Pessoa. O menino morreu ontem (31) horas de dar entrada no Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa. Segundo o delegado, a mãe inicialmente negou, mas como as evidências eram fortes, ela confessou.

“Não sou perito, mas a minha experiência dizia que as lesões não eram compatíveis com a narrativa dela [que a criança caiu da cama]. Então conduzi a mãe para a delegacia e com mais calma fizemos a oitiva. Nesse momento ela começou a entrar em contradição e nessa altura o corpo já estava sendo periciado pelo médico legal do IPC. Em um determinado momento a conduzida viu que “estava sem saída” em razão das informações já coletadas e resolveu confessar”, disse o delegado.

Grisi revelou ainda que ouviu familiares e outras testemunhas e ficou evidenciado forte histórico de agressões na criança. Em virtude do fato, a mãe foi indiciada por tortura qualificada pelo resultado morte. A mulher passará por audiência de custódia ainda nesta sexta-feira (1º). O corpo do bebê será enterrado também nesta sexta.

Comentários