PMPB abre processo contra cabo preso no Ceará por importunação sexual

0
0

A Corregedoria da Polícia Militar da Paraíba abriu um procedimento interno para investigar a conduta de um cabo da corporação que foi gravado importunando sexualmente uma mulher dentro de um supermercado no interior do Ceará.

Em nota, a PM afirmou que vai analisar todos os conteúdos “para adotar todas as providências que forem necessárias em relação ao caso”.

“A corporação ressalta que aqui na Paraíba, antes mesmo de 2018, quando a importunação sexual passou a ser crime no Brasil, já havia um trabalho de prevenção, orientação e combate por parte da PM contra atos desta natureza, à época, em transportes coletivos, portanto, repudia essa prática por quem quer que seja, onde quer que seja”, diz a nota.

O policial vai responder tanto internamente, na PM da Paraíba, quanto na justiça do Ceará. Ele é cabo e estava lotado no 13º Batalhão, na cidade paraibana de Itaporanga, onde se apresentou para trabalhar em funções administrativas no começo deste mês, após ter passado um período afastado para tratamento psicológico.

Comentários