Em áudio, pai baleado pelo filho atribui crime a jogos virtuais e diz que filho é um bom menino: “Eu vou voltar para cuidar dele com todo o meu amor”

0
1

Em um áudio vazado pelas redes sociais, o Sargento Benedito da Silva Araújo falou sobre o o trágico acontecimento, acontecimento em Patos, no qual supostamente seu filho, matou sua esposa e seu outro filho, além de ter o alvejado.

O Sargento Bené, como é mais conhecido, defendeu o filho, e diz que o mesmo é uma criança boa, sempre foi obediente e criado com muito amor. “Ele foi um pedido que eu fiz a Deus, por isso o nome Samuel”.

De acordo com o PM aposentado, que está internado no Hospital de Trauma em Campina Grande, após ter saído baleado da tragédia, o acontecido foi uma coisa muito dura para eles, mas não significa dizer que o adolescente seja um menino mal. “Eu não quero que fique preso não, merece viver em liberdade tem que ficar em liberdade”, disse.

O policial ainda culpou os jogos eletrônicos violentos pelo fatídico acontecimento e termina sua fala dizendo que quer ficar bom para voltar a cuidar do filho que o ama demais.

Comentários