Câmara de João Pessoa reelege Dinho para presidir Casa até 2024

0
0

A Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) elegeu, nesta terça-feira (15), a Mesa Diretora que vai comandar a casa no biênio 2023-2024, tendo como presidente o vereador Dinho Dowsley (Avante), que já preside neste biênio. A eleição ocorreu após a justiça anular, no mérito, a eleição realizada de forma antecipada, em janeiro de 2021.

Em discurso na tribuna da CMJP, Bruno Farias, afirmou que reconheceu a derrota no âmbito judicial. “Entramos com liminar que não foi acolhida e, depois, com um pedido de recurso que também não foi acolhido”, lamentou. O parlamentar decidiu não disputar o novo pleito.

Para o novo biênio foram eleitos Dinho (presidente), Carlão (primeiro vice), Bosquinho (segundo vice), Marcilio do HBE (primeiro secretário), Odon Bezerra (segundo secretário) e Zezinho do Botafogo (terceiro secretário). A composição é a mesma da eleita no ano passado, sem contar com o presidente.

“Esse dia de hoje, para mim, vai fazer uma nova história na minha vida. Deus já me deu a oportunidade de conduzir até agora com os colegas. No discurso de posse, junto com o prefeito, disse que ninguém chega só em canto nenhum, da mesma forma que o senhor faz um gesto, eu retribuo da mesma forma. Eu estou aqui por causa da sua colaboração, sou um homem de gestos, o homem é movido por gesto”, afirmou Dinho após a eleição.

O processo que suspendeu a eleição para escolha da Mesa Diretora da CMJP, referente ao biênio 2023-2024, é fruto de uma ação popular impetrada por dois advogados. Na primeira decisão do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB), a juíza afirmou que a antecipação da eleição do segundo biênio fere diretamente o Regimento Interno da Câmara Municipal de João Pessoa. Segundo ela, um dos artigos fala que o processo de escolha do segundo biênio “realizar-se-á, obrigatoriamente, na última sessão ordinária do segundo período da segunda Sessão Legislativa”, o que na prática não aconteceu, já que as duas eleições (primeiro e segundo biênios) ocorreram no mesmo dia.

Comentários