Morre criança que se engasgou com bexiga de soprar, em JP; família fez doação de órgãos

0
236

O diretor do Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa, Laércio Bragante, confirmou a morte do menino que se engasgou com uma bola de sopro na segunda-feira (7) e afirmou que a família autorizou a doação dos órgãos do garoto para salvar outras vidas.

“É uma notícia difícil para todos nós, ainda mais por ser a morte de uma criança, mas a família pensou na vida de outras pessoas. A medida que perdeu um filho querido, único, aceitou a doação de vários órgãos. Lamentamos o sofrimento, a perda de uma criança, mas por outro lado celebramos a vida, no momento em que a família teve esse gesto de extrema grandeza”, disse.

A família autorizou a doação de todos os órgãos e há possibilidade de transplante de fígado, rins e córnea. Coração não será possível, pois o menino sofreu três episódios de parada cardíaca, mas a doação manterá a vida de mais três ou quatro crianças.

A criança era autista e participava de atividades em uma clínica multidisciplinar no bairro de Tambauzinho quando se engasgou com uma bola de sopro. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e realizou os primeiros socorros, mas a unidade de saúde iniciou os protocolos para confirmar a morte cerebral na terça-feira (8).

Comentários