Corpo da cantora Paulinha Abelha, da Calcinha Preta, será sepultado nesta sexta (25) em Sergipe

0
2

O corpo da cantora Paulinha Abelha será sepultado em Sergipe nesta sexta-feira (25), em cerimônia apenas para familiares. O sepultamento está previsto para acontecer às 15h. A vocalista da banda de forró Calcinha Preta morreu nesta quarta (23), aos 43 anos, por causa de complicações decorrentes de problemas renais.

Nesta sexta, o corpo de Paulinha será velado em Simão Dias, cidade onde a cantora nasceu, em Sergipe. O velório está marcado para acontecer às 9h, no Ginásio de Esportes José Maria, e será aberto ao público.

Em Aracaju, capital sergipana, o velório acontece desde às 7h desta quinta (24), no Ginásio Constâncio Vieira. Familiares, fãs e amigos de Paulinha prestam as últimas homenagens à cantora.

Homenagens

Amigos e colegas da banda Calcinha Preta estiveram no velório de Paulinha. Em um momento de muita emoção na cerimônia de despedida, o cantor Daniel Diau cantou a música que leva o nome da artista. “Paulinha, porque nos deixou?”, cantou o vocalista.

Através das redes sociais, famosos lamentaram a morte da cantora. Entre eles, Juliette, Wesley Safadão, Viviane Araújo e Xand Avião.

“Meu Nordeste está em luto pois uma das maiores vozes do forró nos deixou hoje. Paulinha Abelha marcou gerações, inclusive a minha, e é com a sua música e carisma que sempre será lembrada. Meus sentimentos aos familiares, fãs e amigos. Descanse em paz, Paulinha”, disse Juliette.

“‘Me diz o que é que eu faço…’ O choro da sanfona hoje é de tristeza. Descanse em paz, Paulinha, e que Deus conforte os corações de todos os seus familiares, amigos e fãs”, lamentou o cantor Xand Avião.

Hospitalização

O quadro clínico de Paulinha se agravou nos últimos dias. Ela foi internada no último dia 11 após sentir dores, depois de ter chegado em Aracaju de uma turnê com a banda, em São Paulo, e o caso evoluiu para um coma profundo.

No dia 14, o quadro da cantora se agravou, ela foi transferida para a UTI e começou a fazer diálise. No dia 17 houve uma instabilidade neurológica, de acordo com o boletim. No dia seguinte, Paulinha foi transferida de hospital.

Segundo o último boletim médico divulgado pela equipe indicava que a artista estava no nível 3 da chamada ‘Escala de Glasgow’. Segundo o site Linhas de Cuidado, do Ministério da Saúde, é através dessa escala que é possível mensurar o nível de consciência dos pacientes. O nível 3 na ‘Escala de Glasgow’ se caracteriza como o mais profundo estágio de coma. Essa escala vai de 3 a 15.

Comentários