João afirma que não há obstáculos na Paraíba para federação entre PT e PSB: ‘Maioria está comigo’

0
93

O governador da Paraíba e candidato a reeleição, João Azevêdo, comentou, durante entrevista a CNN nesta segunda-feira (21), sobre o seu retorno para o PSB que deve acontecer durante ato na próxima quinta-feira (24). Segundo o chefe do Executivo paraibano, a sua volta aos quadros da legenda na qual ele foi eleito em 2018 não impede uma possível federação com o PT, PCdoB e PV em nível nacional.

Durante a entrevista, ao falar sobre um possível imbróglio com o PT que agora tem como filiado o ex-governador e adversário político Ricardo Coutinho, esse que anunciou apoio ao candidato de oposição senador Veneziano Vital do Rêgo, João Azevêdo afirmou que da sua parte não há empecilhos para uma aliança com a legenda, o que traria apoio do ex-presidente Lula, já que a maior parte dela já deliberou a favor de apoio a sua gestão.

“Dos quatro, PV já apoia nosso governo, PCdoB também e 75% do PT está conosco”, afirmou o governador.

Entenda

O governador João Azevêdo anunciou que irá se filiar ao PSB em evento que contará com a Executiva Nacional, além de outras figuras importantes do partido como o governador de Pernambuco, Paulo Câmara, e do Maranhão, Flávio Dino. O ato de filiação pode fazer com que uma ala PT tire o pé do acelerador e regrida do apoio dado a Veneziano Vital do Rêgo (MDB).

Isso porque, segundo o deputado federal e presidente do PSB na Paraíba, Gervásio Maia, existe uma “regra de ouro” sendo discutida entre os partidos antes da federação, regra que permite a legenda que teve o maior número de eleitos nas eleições de 2018 comandar o processo eleitoral em seu respectivo estado e, neste caso, o PSB é quem teria o direito de montar a chapa majoritária na Paraíba, com o apoio de Lula.

Comentários