Suspeitos de tiroteio em que criança foi atingida teriam atuado em crime na Empasa, em Campina Grande

0
16

Os homens suspeitos de realizar um tiroteio que deixou uma criança e um jovem feridosem Campina Grande, na noite da quarta-feira (16), teriam feito pelo menos outras duas trocas de tiros na cidade. De acordo com a Polícia Militar, os envolvidos são os mesmos que foram flagrados em vídeo durante uma tentativa de homicídio na Empasa, em janeiro.

O tiroteio mais recente foi no bairro Rosa Mística. Conforme a PM, dois grupos criminosos disputam o comando do tráfico de drogas na região e trocaram tiros por volta das 20h.

Um jovem de 19 anos, sem envolvimento com os grupos, e uma criança de 5 anos, foram atingidos por balas perdidas. Ambos foram levados para o Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande, onde foram atendidos e receberam alta ainda na noite da quarta-feira.

O comandante do 10° Batalhão da Polícia Militar, coronel Francimar Vieira Lins, informou ao JPB1 que a PM investiga os líderes deste grupo, que já teriam feito um confronto no Rosa Mística antes da tentativa de homicídio na Empasa, no dia 12 de janeiro.

Um vídeo de câmeras de segurança do circuito interno do local mostraram o segundo confronto. Dois homens armados entram no local e atiram contra um terceiro, que consegue fugir. Apesar do susto dos vendedores, ninguém ficou ferido.

O caso está sendo investigado pela PM e o comandante do 10° BPM informou que a polícia não foi acionada pelos moradores no caso desta quarta-feira, e pediu que a população acione a PM caso haja um novo tiroteio.

Comentários