João Pessoa vacina todos os públicos contra Covid-19, nesta quinta (17)

0
9

João Pessoa continua, nesta quinta-feira (17), a campanha de vacinação contra a Covid-19 imunizando todos os públicos. Para crianças entre 5 e 11 anos, com ou sem comorbidades, o agendamento não é necessário. É preciso apresentar documento oficial com foto, Cartão SUS ou CPF, e comprovante de residência em João Pessoa.

Crianças de 5 a 11 anos que tenham comorbidades ou deficiência também podem se vacinar. Neste caso, além dos documentos já citados acima, é necessário apresentar laudo ou declaração médica que comprovem a doença.

Estão disponíveis também primeiras doses para o público acima de 12 anos, além de segundas doses da Coronavac (28 dias após a primeira dose), Pfizer (60 dias), Astrazeneca (90 dias) e Janssen. Pode tomar a dose de reforço a população com idade a partir de 18 anos (120 dias após a segunda dose), imunossuprimidos (28 dias) e os trabalhadores de saúde (120 dias). A aplicação da quarta dose é destinada para os indivíduos imunossuprimidos que tenham recebido a dose de reforço há, pelo menos, 120 dias.

Todos os públicos a partir dos 12 anos, exceto os que optarem por um dos drives no turno da noite, devem realizar o agendamento, que está disponível a partir das 19h desta quarta-feira (16), pelo aplicativo Vacina João Pessoa ou site Vacina João Pessoa.

A Prefeitura disponibiliza dois números de contato para auxiliar os cidadãos que estão com dificuldades para realizar cadastro, agendar vacinação ou outras dúvidas relacionadas ao aplicativo Vacina JP. Nesses casos, a população pode ligar ou enviar mensagem via WhatsApp para os números: (83) 98600-4815 ou (83) 98699-2917. O horário de atendimento desse serviço é de segunda a sábado, das 8h às 19h. Outra forma de contato é através do endereço de e-mail: vacinajp@gmail.com.

Documentação exigida

Para receber a primeira dose da vacina a partir dos 12 anos, é necessário apresentar documento oficial com foto, Cartão SUS, CPF e comprovante de residência em João Pessoa. Já para a D2 e dose de reforço, é necessário o cartão de vacinação e um documento pessoal com foto, além de comprovação documental para trabalhadores de saúde e imunossuprimidos.

No caso da dose de reforço para os trabalhadores da saúde, eles devem apresentar um documento de identificação original com foto e documentação comprobatória de vínculo em estabelecimento de saúde de João Pessoa, que pode ser carteira de trabalho, contracheque ou declaração do estabelecimento de saúde. Os profissionais também deverão apresentar a carteira do respectivo conselho. Vale destacar que a cópia da documentação comprobatória deverá ficar retida no ponto de vacinação para fins de controle dos órgãos fiscalizadores.

Comentários