Presos custodiados fazem buraco em parede e fogem de hospital, em João Pessoa

0
429

Dois presidiários que foram fazer cirurgia no Hospital Ortotrauma de Mangabeira, o Trauminha, em João Pessoa, fugiram do local, na madrugada desta quinta-feira (3), após realização de tratamento médico. Segundo a Polícia Civil, um deles estava preso por estupro e outro por assalto.

Em nota, a Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) disse que está atuando junto com a Polícia Militar para tentar recapturar os foragidos. Disse ainda que vai ser aberto um procedimento administrativo para apurar o fato.

De acordo com a Polícia Militar, equipes foram acionadas às 2h30 pelo hospital para auxiliar na busca dos apenados. Um deles já havia feito o procedimento médico e outro estava aguardando para fazer.

De acordo com o diretor do Ortotrauma de Mangabeira, Alexandre César, um dos presos estava internado no hospital desde o dia 1° de fevereiro, com infecções ósseas, e o outro deu entrada no dia 21 janeiro, com uma fratura exposta.

O diretor explicou que é obrigação do hospital cuidar do paciente, mas que não cabe à unidade fazer a custódia dos apenados.

Segundo a Seap, um dos apenados estava sob a custódia do órgão e o outro, que ainda não tinha passado por audiência de custódia, estava sob a responsabilidade da Polícia Militar. De acordo com as suspeitas do hospital, a dupla teria saído pelo teto de um banheiro.

Comentários