Casos de gripe e Covid-19 duplicam entre enfermeiros da Paraíba

0
144

Os casos de Covid-19 e influenza entre os profissionais de enfermagem mais que duplicaram na Paraíba, conforme estimativa do Conselho Regional de Enfermagem (Coren). Com o afastamento de enfermeiros e técnicos, o atendimento em saúde para a população em geral tem sido afetado.

“Houve um aumento da infecção e um aumento de atestados médicos, consequentemente, mais sobrecarga sobre o sistema de saúde com déficit de profissionais”, explicou ao Portal MaisPB a presidente do Coren, Rayra Beserra.

Mesmo com o aumento das infecções, a entidade foi surpreendida com um pedido enviado ao Ministério da Saúde pela Associação dos Hospitais Privados para reduzir para cinco dias o período de afastamento dos profissionais de saúde que contraíram a Covid-19.

Rayra Beserra, presidente do Coren-PB

“Sabendo do impacto perigoso que esta decisão pode causar ao sistema, Cofen e Corens se manifestam contrários a este pedido, uma vez que isto implicaria a um sério risco à população assistida. A enfermagem é a categoria que lida diretamente com o paciente, 24 horas por dia”, frisou Rayra.

Ela ainda destacou que o retorno de um profissional que ainda não está com a saúde restabelecida ao trabalho não é a solução para crise sanitária.

A presidente do Coren-PB ressalta que é necessário ampliar as contratações, fortalecer a vacinação contra Covid-19 e influenza, inclusive em crianças, além de aumentar a testagem e estrutura ambulatorial.

Por enquanto não houve manifestação do Ministério da Saúde em relação ao período de afastamento dos profissionais de saúde.

A reportagem do Portal MaisPB solicitou ao Conselho Regional de Medicina informações sobre casos de gripe e Covid-19 entre a categoria, mas foi informada que a entidade não dispõe destes dados.

MaisPB

Comentários