Médicos aceitam proposta, mas paralisação continua

0
37

Os médicos efetivos de João Pessoa aceitaram, durante assembleia geral realizada na noite desta terça-feira (15), aceitar a proposta de nova gratificação da prefeitura. Entretanto, de acordo com o presidente do Sindicato dos Médicos (Simed), Tarcísio Campos, a categoria ainda vai continuar paralisada até a sexta-feira (18) para conversar com vereadores e com o secretário de Saúde do município sobre o novo projeto de lei e as condições de trabalho dos médicos.
A proposta da prefeitura é um projeto de lei que requer a substituição da Gratificação de Desempenho e Produtividade (GDP) por uma rubrica permanente, que integre a remuneração dos profissionais. Esta nova remuneração seria a chamada Representação por Atividade Médica (RAM). Segundo Campos, a RAM será uma gratificação exclusiva aos médicos com valor menos que a GDP, que também será paga no 13º salário e no terço de férias. A proposta também prevê um benefício para a aposentadoria.
A paralisação da categoria começou na segunda-feira (14), quando foram interrompidos os atendimentos em ambulatórios e as cirurgias eletivas; cerca de 300 consultas e 20 cirurgias deixam de ser realizadas diariamente por conta do movimento.

Comentários